Notícias

04/05/2020 22:36

Pré-natal - mais cuidados importantes

No pré-natal: sobre os exames laboratoriais, avaliação do feto, sintomas mais comuns, vacinas recomendadas e não recomendadas durante a gravidez. 

Quais são os exames laboratoriais solicitados no pré-natal?

Os exames laboratoriais que são rotineiramente solicitados pelo obstetra tendem a seguir a recomendação básica do Ministério da Saúde e outros podem variar de acordo com o caso. Os mais frequentemente solicitados incluem: a determinação do tipo de sangue da gestante e se for negativo, deve ser solicitado o exame do tipo sanguíneo do parceiro também. Se este for negativo será necessário o Teste de Coombs, hemograma para avaliar anemia e infecção. Avaliação do exame de urina, tanto o EAS quanto a cultura.

As sorologias para as diversas infecções como sífilis, toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus. Hepatite B e C. Avaliação da tireóide, da glicemia, da vitamina D e exame das fezes. E o exame de Papanicolau deve ser realizado no início do pré-natal, principalmente se este não foi realizado no último ano pela paciente. O ideal é que já no pré-concepcional seja avaliado.

Como é feita a avaliação do feto no pré-natal?

A avaliação do crescimento, desenvolvimento e vitalidade fetal é feita durante o pré-natal pelas medidas de crescimento do fundo uterino e pelas avaliações das medidas do feto feitas com os exames de ultrassonografia conforme as fases da gestação e as indicações obstétricas. Um calendário mínimo de exames deveria incluir a realização do ultrassom no início da gestação, preferencialmente primeiro trimestre. Na idade de 12 semanas a translucência nucal e com 22 semanas a avaliação morfológica. Depois um exame de Doppler e no final a avaliação da vitalidade com cardiotocografia e perfil biofísico fetal.

Quais os sintomas mais comuns durante a gestação?

Em decorrência das mudanças gravídicas provocadas pela gestação, vão aparecer alguns sintomas comuns, tidos como fisiológicos, apesar dos transtornos causados para a grávida. Náuseas, vômitos e azia são comuns no início da gestação. Alteração da frequência miccional, obstipação intestinal, falta de ar devido a compressão do útero grávido, dores lombares e câimbras. Eles poderão ser tratados com medidas não medicamentosas. Outros sintomas estão na dependência de cada caso.

Quais vacinas são recomendadas para as grávidas?

Algumas vacinas são recomendadas na gestação e dentre estas, há vacinas que devem ser aplicadas mesmo que a mulher já tenha sido vacinada na gravidez anterior. É o caso da vacina contra a gripe que faz parte do calendário oficial de vacinas e deve ser aplicada antes ou durante o inverno e pode ser feita em qualquer período da gestação. É disponibilizada gratuitamente para as gestantes nos postos de saúde, assim como a vacina Tríplice Bacteriana Adulta (DTPa), que protege contra Coqueluche, Tétano e Difteria.

A gestante deve tomar essa vacina no período entre a 27ª e a 36ª semanas. É muito importante que a mãe tome a vacina no prazo, para que tenha o tempo necessário para a produção e passagem dos anticorpos para o bebe, mesmo que este venha a nascer prematuro. Outra vacina que está no calendário oficial é a vacina contra Hepatite B e caso a grávida não tenha tomado as três doses ou não tenha certeza disso, ela deverá realizar a sorologia da doença para se certificar se está imunizada. Se ela não tomou nenhuma dose e precise das três doses, ela deve aplicar mesmo que a terceira deva ser aplicada após o parto.

Quais são as vacinas não recomendadas na gestação?

A gestante deve prestar atenção para as vacinas que não são recomendadas durante o ciclo gestatório. As mulheres gestantes não podem tomar vacinas de vírus e bactérias vivos, como é o caso da Tríplice Viral – que combate o Sarampo, a Caxumba e a Rubéola –, Varicela (Catapora), Febre Amarela e BCG (contra a Tuberculose). Essas vacinas são elaboradas a partir do vírus ou da bactéria (no caso da BCG) vivos e atenuados, por isso há o risco da grávida desenvolver a doença, pela imunidade alterada por conta da gestação. As exceções para a vacinação da gestante podem existir e devem ser verificadas com o médico assistente.

Texto: Dr. João Félix Dias


Titulo fixo
Titulo fixo
Titulo fixo

Endereço

Rua Alberto Velho Moreira, 220
Bandeirantes
Cuiabá / MT

Telefones

65 3623-9135
65 99681-9135

Atendimento Imprensa

65 99972-8268

Titulo fixo
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo